quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

MARA MEU AMÔR






Arrecem hoje resolvi falar de ti, não consigo e não entendo porque nos deixastes! Estamos todos andando em círculos, tontos, sem saber o que fazer, o que comer o que vestir. Não entedemos o porque disto. O teu rostinho era o mesmo de quando nos conhecemos, lá no início dos anos 70, sei que passaram 41 anos, mas na minha mente não passou. Mara meu amôr, vai em paz, segura a mão de Deus!

4 comentários:

julitabuelita disse...

Linda homenagem, finalmente saiu! Deus abençoe vocês, que encontrem a serenidade e alegria de viver novamente. Aos pouquinhos tudo irá se normalizando, a força da vida vai ajudando. FORÇA!

Narinha disse...

Bom, arrecem hoje fiquei sabendo do que aconteceu com a minha professora querida demais. Pra vocês que não me conhecem, sou ex-aluna da Mara, tive aula de química inorgânica com ela no meu 1° ano no Juvenal, 2007. Parece que foi ontem o último dia de aula do primeiro semestre que ela chegou toda boba com aquele jeitinho dela extrovertido e encantador mostrando pra mim a sua bota nova preta e salto plataforma e dizendo que havia comprado também para uma de suas filhas, aquele dia ela me fez sorrir muito com as histórias, fotos da família e seu orgulho que encantava a todos.! Saudades professora queria e fica com Deus que tudo vai dar certo.!!

Thais Sardá disse...

Te amo, paizinho.

disse...

Saudades eternas desta tia maravilhosa!Lindas e verdadeiras palavras tio!Beijos e mais beijos